Anexo III. Consultas com especialistas

1. Consulta com o Comitê Diretor (1998)
Primeira reunião, 28 de abril a 1º de maio de 1998: Métodos específicos de combate; Armas.
Segunda reunião, 16 a 18 de agosto de 1998: Princípio de distinção; Pessoas e bens especialmente protegidos.
Terceira reunião, 14 a 17 de outubro de 1998: Tratamento dos civis e pessoas fora de combate; Implementação.
Fizeram parte do Comitê Diretor os professores Georges Abi-Saab, Salah El-Din Amer, Ove Bring, Eric David, John Dugard, Florentino Feliciano, Horst Fischer, Françoise Hampson, Theodor Meron, Djamchid Momtaz, Milan Šahović e Raúl Emilio Vinuesa.
2. Consulta com os especialistas acadêmicos e governamentais (1999)
Primeira reunião, 4 a 8 de janeiro de 1999: Métodos específicos de combate, Armas; Pessoas e bens especialmente protegidos.
Segunda reunião, 1º a 5 de maio de 1999: Princípio de distinção, Tratamento dos civis e pessoas fora de combate; Implementação.
Os seguintes especialistas acadêmicos e governamentais foram convidados pelo CICV, a título pessoal, para participar na consulta:
Abdallah Ad-Douri (Iraque), Paul Berman (Reino Unido), Sadi Çaycý (Turquia), Michael Cowling (África do Sul), Edward Cummings (Estados Unidos da América), Antonio de Icaza (México), Yoram Dinstein (Israel), Jean-Michel Favre (França), William Fenrick (Canadá), Dieter Fleck (Alemanha), Juan Carlos Gómez Ramírez (Colômbia), Jamshed A. Hamid (Paquistão), Arturo Hernández-Basave (México), Ibrahim Idriss (Etiópia), Hassan Kassem Jouni (Líbano), Kenneth Keith (Nova Zelândia), Githu Muigai (Quênia), Rein Müllerson (Estônia), Bara Niang (Senegal), Mohamed Olwan (Jordânia), Raul C. Pangalangan (Filipinas), Stelios Perrakis (Grécia), Paulo Sergio Pinheiro (Brasil), Arpád Prandler (Hungria), Pemmaraju Sreenivasa Rao (Índia), Camilo Reyes Rodríguez (Colômbia), Itse E. Sagay (Nigéria), Harold Sandoval (Colômbia), Somboon Sangianbut (Tailândia), Marat A. Sarsembayev (Cazaquistão), Muhammad Aziz Shukri (íria), Parlaungan Sihombing (Indonésia), Geoffrey James Skillen (Austrália), Guoshun Sun (China), Bakhtyar Tuzmukhamedov (Rússia) e Karol Wolfke (Polônia).
3. Consulta por escrito com os especialistas acadêmicos e governamentais (2002–2004)
Os especialistas listados acima foram convidados a comentar em dois rascunhos. Muitos forneceram comentários por escrito que foram levados em consideração.